Por administrador em 18/dez/2013

Enfrentar o preconceito e a discriminação é tarefa da classe trabalhadora



Secretaria de Combate ao Racismo da CUT destaca que a III Conapir foi um marco ao debater diversos temas relevantes para o movimento negro

Neste ano de 2013, a Secretaria Nacional de Combate ao Racismo, seguiu seu trabalho de articulação das ações relativas à igualdade racial no mundo do trabalho, conscientizando os dirigentes sindicais, demonstrando que as desigualdades de oportunidades e de tratamento são frutos das nossas origens históricas baseadas na exploração do trabalho escravo.

Como uma das principais ações, declara Maria Julia Nogueira, dirigente da pasta, destaca-se a III Conapir (Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial), realizada com o tema: “Democracia e Desenvolvimento: por um Brasil afirmativo”, onde a sociedade civil discutiu vários temas relevantes para o movimento negro. Na abertura da Conferência, a Presidenta Dilma assinou mensagem que foi encaminhada para o Congresso e que se transformou no Projeto de Lei (PL 6738/13) que reserva 20% das vagas de concursos públicos para negros.

Este PL já foi aprovado na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados, com apenas um voto contrário. Ele ainda passará pelas comissões de Direitos Humanos e Minorias; e Constituição e Justiça e de Cidadania. Em seguida, pelo Plenário da Câmara, mas esperamos que para o próximo ano essas cotas já seja uma realidade.

A Secretaria Nacional de Combate ao Racismo da CUT, neste ano de 2013, seguiu em sua articulação com os Ramos e as Secretarias Estaduais, o que tem potencializado a pressão na perspectiva de construção de uma sociedade sem  discriminação.

Entre suas principais atividades realizadas, destacam-se:

•       Nos dias 29 e 30 de abril, em São Paulo, realização de um seminário para debater as relações Brasil/África e os 10 anos da lei 10.639.

•       Em julho, com apoio da FES, realização de seminário preparatório para a III Conapir com a participação dos Secretários Estaduais de Combate ao Racismo e Ramos.

•       Em novembro participação na III Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial – Conapir, onde a secretária da pasta, Maria Julia, durante a abertura fez o discurso em nome da sociedade civil. A CUT também manteve um stand para distribuir material sobre a luta de combate ao racismo.

•       Publicação virtual, em parceria com o CEERT e a colaboração dos sindicatos, ramos, estaduais e secretarias de combate ao racismo nos estados: “CUT 30 anos promovendo a igualdade racial” – voltada para o público interno.

•       Encarte especial na Revista Raça do mês de novembro: Os 30 anos da CUT e a questão racial no mercado de trabalho – voltada para a sociedade em geral

•       Através da Unisoli, conseguimos dar apoio à reunião da Coordenação Nacional das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (CONAQ), onde eles puderam se encontrar com ex-presidente Lula.

•       Participamos da 10º marcha da Consciência Negra em SP.

•       Participamos em várias atividades no mês da consciência negra

CUTs ESTADUAIS

SIND DOS METALÚRGICOS DO ABC

CONTRACS

CONTRAF

SINDSEP

Para 2014, a Secretaria espera dar continuidade a esse trabalho que vem sendo desenvolvido de forma articulada junto às CUTs estaduais e ramos. “Entendemos que esse é o trabalho que não pode ser de uma Secretaria, é preciso criar condições internas para que cada dirigente da CUT incorpore esta temática, pois o combate ao racismo é um desafio a ser enfrentado não só pela Secretaria, mas pelo conjunto da Central Única dos Trabalhadores”, destaca Julia Nogueira.

Escrito por: Maria Julia Nogueira, secretária de Combate ao Racismo da CUT

Imprimir