Por administrador em 01/jun/2011

Enem atinge média de 320 mil inscrições por dia



Em duas semanas, a  páginapágina virtual do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) registrou a média de 320 mil inscrições por dia, totalizando 2.562.735 incrições até o meio-dia do dia 31 de maio. O prazo para se inscrever no exame vai até às 23h59 do dia 10 de junho, sem previsão de prorrogação. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), o pico de acessos ao sistema ocorreu logo no primeiro dia de inscrições, quando 594 mil estudantes acessaram a página do Enem na internet para participar do exame. Em 2009, o Ministério da Educação (MEC) deu início a um projeto de substituição dos vestibulares tradicionais pelo Enem. A partir do resultado da prova, os alunos se inscrevem no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e podem pleitear vagas em instituições públicas de ensino superior de todo o país.

A participação no Enem também é pré-requisito para os estudantes interessados nas bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni), que são distribuídas a partir do desempenho do candidato no exame e que podem ser integrais ou parciais, dependendo da renda da família.

A taxa de inscrição do Enem custa R$ 35, mas alunos matriculados no terceiro ano do ensino médio em escola pública não pagam. Até agora, já se inscreveram 509 mil estudantes nessa situação. Além dos alunos que estão concluindo o ensino médio em escola pública, cerca de 1 milhão de candidatos também estão isentos da taxa por comprovar situação de carência. Do restante, apenas 45 inscritos efetuaram o pagamento da taxa, que pode ser feito em qualquer agência do Banco do Brasil até 13 de junho. O participante pode acompanhar a validação da inscrição pela internet.

A Região Sudeste concentra o maior número de inscritos (955 mil), seguida do Nordeste (821 mil), Sul (300 mil), Norte (245 mil) e Centro-Oeste (239 mil). A maioria dos participantes do Enem 2011 tem entre 21 e 30 anos e 1,5 milhão já concluíram o ensino médio.

Imprimir