Por administrador em 20/ago/2014

Câmara divulga lista de estudantes selecionados para o Parlamento Jovem de 2014



A Câmara dos Deputados selecionou os 78 estudantes que representarão os estados e o Distrito Federal na 11ª edição do Parlamento Jovem Brasileiro. Neste ano, 2.079 estudantes do ensino médio se inscreveram – número recorde de inscrições.

O programa, que simula a rotina dos trabalhos legislativos, ocorrerá de 21 a 26 de setembro, em Brasília. O objetivo é despertar nos jovens a reflexão crítica e a representação política por meio da vivência do processo democrático.

Para participar, os estudantes se inscreveram em suas escolas e enviaram projetos de lei para avaliação das secretarias de Educação dos estados. São Paulo foi o estado com maior número de inscritos, com total de 303 estudantes. Em segundo lugar, ficou o Amazonas, com 300 alunos; e, em terceiro, Pernambuco, com 256.

Os projetos de lei foram escolhidos por uma comissão de assessores legislativos da Câmara dos Deputados, de acordo com critérios como originalidade, justificativa e clareza. Durante a realização do Parlamento Jovem, os estudantes vão debater esse projetos nas comissões temáticas e, em seguida, votá-los em uma sessão simulada do Plenário.

Educação
Neste ano, 32 dos 78 projetos selecionados tratam da área de educação, entre eles a implantação de plataforma multimídia na rede pública de ensino e a contratação de jovens que se destacam no ensino médio para auxiliar professores do ensino fundamental.

Também foram escolhidos projetos nas áreas de saúde, meio ambiente e segurança pública, entre outros. Os jovens parlamentares se preocuparam, por exemplo, com o trabalho compulsório em presídios, a formação política, a simplificação de registro de imóveis e a criação de conselhos tutelares de fronteiras.

No Parlamento Jovem, o número de representantes por estado e pelo Distrito Federal é proporcional à representação oficial de cada ente federativo na Câmara dos Deputados. A cada oito deputados federais, seleciona-se um estudante. São Paulo, por exemplo, que tem o maior número de cadeiras na Casa, recebe 11 “deputados jovens”, enquanto o Distrito Federal, com oito vagas, fica com um representante jovem.

Confira a lista dos estudantes selecionados.

(Da Agência Câmara)

Imprimir