Por administrador em 08/mar/2013

Março de luta: igualdade se planta na escola



Nós mulheres de todo o mundo nos mobilizamos cada vez mais em defesa dos nossos direitos, a caminho da igualdade para todas e todos.

Muito já foi feito para acabar com a discriminação, a intolerância, o machismo e sexismo. Mas ainda há a fazer para que as mulheres do campo e da cidade, na escola, em casa, no trabalho ou nas ruas não sejam desrespeitadas, humilhadas e depreciadas.

A luta por mais mulheres no poder e mais poder para as mulheres está ganhando novo impulso, com construções nos sindicatos, na CUT e em outras entidades que defendem a paridade e as condições para que a mulher trabalhadora possa exercer em sua plenitude seu direito de disputar o poder.

Por isso o Sinpro iniciou na assembleia de 07/03/2013 o Março de Luta, por entender que nossas ações na educação são a base para a igualdade de gênero.

Campanha “Igualdade se planta na escola”

Neste mês desejamos construir o debate sobre o papel da mulher na sociedade, na educação, na história, na política, na cultura e no trabalho, além de apontar elementos para a reflexão e o desenvolvimento de atividades pedagógicas que visem desconstruir o sexismo na escola, enfrentar a violência, repensar as relações numa perspectiva de igualdade, destacar a luta das mulheres e contribuir para avanços na superação da desigualdade de gênero.

Nossa luta nas redes sociais

Levamos para a assembleia alguns cartazes com frases de efeito e disponibilizamos uma equipe para fotografar as pessoas empunhando esses dizeres para que as mulheres e homens de nossa categoria retratem as bandeiras na luta por igualdade. Esses registros serão replicados nas redes sociais.

IV Encontro de Mulheres Educadoras

Em abril, após registro dos trabalhos pedagógicos desenvolvidos na perspectiva da igualdade de gênero, realizaremos o IV Encontro de Mulheres Educadoras: Igualdade se planta na escola. Esse encontro tem como objetivo discutir as políticas de gênero no movimento sindical, as construções dessas políticas no Sinpro-DF e as práticas nas escolas que visem a igualdade de gênero.

Será dia 26 de abril, na Chácara d@ Professor@.

Mais informações na secretaria de Mulheres Educadoras do Sinpro, pelo telefone 3343-4206.

Imprimir