Veto 17 será apreciado pela Câmara nesta quinta (20). Mobilização deve continuar

O Sinpro foi informado por vários(as) deputados(as) federais no final da noite dessa quarta-feira (19) que a Câmara dos Deputados marcou para esta quinta-feira (20), às 15h, uma sessão para apreciar o Veto 17 (Item 2). Segundo os(as) parlamentares, o Palácio do Planalto realizou uma manobra hoje para tentar desmobilizar os(as) trabalhadores(as) e impedir que o Veto 17 (Item 2) seja derrubado na Câmara, da mesma forma que foi derrubado no Senado.

Há uma forte pressão por parte do Palácio do Planalto para que hajam votos suficientes amanhã para manter o veto, mantendo os trabalhadores com suas carreiras congeladas. Este veto, em seu parágrafo 6º, Artigo 8º da Lei Complementar 173, congela a carreira do magistério.  

 

Mobilização continua

Tendo em vista este desdobramento, o Sinpro coloca a categoria em alerta máximo para manter a mobilização. Durante a manhã desta quinta-feira (20), cada professor(a) e orientador(a) deverá reencaminhar mensagens para cada parlamentar pedindo a derrubada do veto. É muito importante que cada um(a) complemente a mensagem pré-escrita com informações de sua vivência como professor, e o quão justo é a derrubada do Veto 17.

Alguns parlamentares chegaram a dizer que estavam recebendo mensagens de robôs. O sindicato não trabalha com Fake News, ou com a utilização de robôs. O que há é uma forte mobilização de professores, orientadores e trabalhadores da Educação para impedir que a carreira fique congelada.

No caso dos professores do DF, já são cinco anos sem reajuste, e agora querem congelar os poucos benefícios que a estrutura da carreira permite um servidor de ter.

 

Mobilização noturna

Começaremos a pressão junto aos parlamentares agora a noite. Aqueles(as) que já receberam mensagem podem continuar clicando no link e substituindo a mensagem por outro texto pessoal, solicitando que o parlamentar derrube o Veto 17 que congela a Carreira Magistério.

Veto 17

Skip to content