Trabalhadores da limpeza urbana cruzam os braços

Com salário, vale-alimentação e vale-transporte atrasados desde o dia 8 deste mês, os trabalhadores que realizam a limpeza urbana do Distrito Federal decidiram suspender as atividades, a partir desta terça-feira (13).
De acordo com o presidente do Sindlurb, sindicato que representa a categoria, José Cláudio de Oliveira, os cerca de 6 mil trabalhadores do setor continuarão de braços cruzados enquanto não forem depositados o salário e os benefícios. “Há rumores de que o pagamento saia hoje, mas não é nada certo. A única certeza é de que manteremos nossa mobilização enquanto não recebermos os nossos salários, nosso tíquete e nosso vale-transporte. A categoria está unida e vai se manter unida”, afirma.
De acordo com as empresas terceirizadas que prestam serviço de limpeza urbana para o Distrito Federal (Sustentare e Valor Ambiental), o repasse feito pelo GDF está atrasado desde setembro.
>> Leia também
Sem proposta, classe trabalhadora amplia mobilização
GDF não cede e classe trabalhadora instala acampamento na Praça do Buriti

Skip to content