Só após passeata, servidores da Ocidental arrancam reunião com prefeita

Após assembleia pela manhã, dirigentes sindicais e servidores da Cidade Ocidental realizaram caminhada no início da tarde na última segunda-feira (15) até a prefeitura municipal. Somente após essa manifestação de pressão, a prefeita Giselle Araújo (PTB) recebeu comissão dos servidores e se comprometeu em elaborar um balanço das finanças e gastos do município para apresentar uma proposta às reivindicações do funcionalismo.  A categoria volta a realizar assembleia geral na sexta-feira (19) para avaliar a proposta prometida pela prefeita, após a reunião marcada na Prefeitura para as 8h30 neste dia.
img165 - CópiaA assembleia, a passeata pelas ruas da cidade e a paralisação parcial do trabalho na segunda pelos servidores foram formas encontradas pelo funcionalismo para pressionar o governo municipal a ouvir suas reivindicações. Até então, a prefeita sequer respondia os ofícios encaminhados pelo Sindiserco, sindicato que representa os servidores, pedindo audiência de negociação.
Os trabalhadores reivindicam o pagamento do reajuste do Piso Nacional do Magistério (11,36%) estabelecido em lei e o reajuste salarial 2016 aos demais servidores.
Para Osmam Carvalho Teles, presidente do Sindiserco, a mobilização gerou resultados positivos. “Alcançamos um efeito superior ao que esperávamos. Conseguimos chamar a atenção do governo local e da população. A expectativa agora é conseguir uma proposta que contemple os servidores”, afirmou o dirigente.

Skip to content