Sinpro apresenta sugestões de emendas ao PLOA 2019

Na última semana, a diretoria colegiada do Sinpro/DF entregou na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) sugestões de emendas ao Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA/2019). Os diretores visitaram os gabinetes dos 24 deputados distritais e alertaram para demandas essenciais para o planejamento das políticas públicas voltadas à educação.
A Comissão de Negociação do Sinpro apresentou aos parlamentares três propostas consideradas essenciais para uma educação ampla, acessível e de qualidade, como, por exemplo, a reserva de recursos para realização de concursos públicos para professores e orientados educacionais.
Em relação ao auxílio saúde e alimentação, o Sinpro reivindicou o reajuste dos benefícios que estão defasados. Além disso, o sindicato cobrou emendas ao Quadro de Detalhamento de Despesa.
Todas as propostas apresentadas são importantes a partir da compreensão do processo orçamentário como essencial para as ações de planejamento das políticas públicas no âmbito do Distrito Federal, em consonância com o Plano Distrital de Educação (Lei nº 5.499, de 15 de julho de 2015), que compreende a educação como peça fundamental para a construção do Estado Democrático. Por isso, as emendas dialogam com as demandas dos professores e orientadores educacionais e também da sociedade.
 
 

Skip to content