Rede pede união para promover a educação integral em sexualidade nas escolas

A Rede de Jovens pela Educação Integral em Sexualidade, que atua pela implementação de políticas que promovam e insiram a educação integral em sexualidade no ambiente escolar como um direito à saúde, pede união nessa luta que afeta diretamente a vida de milhares de adolescentes e jovens todos os dias.
As reformas que estão sendo conduzidas, em especial as reformas na Educação, têm colocado cada vez mais em risco documentos históricos como os Parâmetros Curriculares Nacionais que já garantiam aos profissionais e educadores a adoção de temas como sexualidade, relações de gênero, prevenção à gravidez não planejada, doenças sexualmente transmissíveis e o combate às diversas formas de violência dentro das escolas.
A Rede atua como aliada das ações de promoção e defesa da Educação Integral em Sexualidade (EIS) nas escolas, como aumentar o acesso a informações para prevenir a gravidez na adolescência, as DST/HIV-Aids, o uso de drogas, a violência contra a mulher, a homofobia, a criação dos Núcleos Regionais de Advocacy, incluir e/ou garantir a EIS no Projeto Político Pedagógico das escolas, entre outras ações do Projeto “Fazer Valer: Jovens pelo Direito à Educação Integral em Sexualidade”, realizado pela Reprolatina – Soluções Inovadoras em Saúde Sexual e Reprodutiva, ONG situada em Campinas-SP, em parceria e com apoio financeiro da International Planned Parenthood Federation/Western Hemisphere Region (IPPF/WHR).
A importância da Educação Integral em Sexualidade está no processo educativo contínuo para o exercício saudável e responsável da sexualidade e como um direito humano baseado na equidade de gênero, no respeito às diversidades sexuais e no conhecimento de informações e conceitos corretos e atualizados sobre a saúde sexual e reprodutiva. Isso vai contribuir e garantir a formação integral dos estudantes para atuarem como cidadãos e cidadãs empoderados/as e preparados/as para tomarem suas próprias decisões e construírem seus projetos de vida com mais saúde, prevenção, cidadania, equidade e exercício de seus direitos.
Interessados em se aliar na promoção e defesa da Educação Integral em Sexualidade nas escolas podem fazer aqui o cadastro.

Skip to content