Recepcionistas da Secretaria de Saúde paralisam atividades por falta de pagamento

Trabalhadores terceirizados da empresa GVP que prestam serviço para a Secretaria de Saúde do GDF realizaram ato em frente ao órgão nesta terça-feira (27) para cobrar o pagamento do salário e do vale-transporte de dezembro. Os trabalhadores, que suspenderam as atividades nessa segunda-feira (26), não têm previsão para retornar aos trabalhos.
“Nós já ouvimos a empresa e a secretaria, mas só nos dão desculpas e nenhuma resposta concreta. Não dá pra continuar trabalhando sem receber. Enquanto não houver pagamento a paralisação vai continuar”, afirma o dirigente do Sindiserviços, Antônio de Pádua.
De acordo com o Sindiserviços, sindicato que representa os trabalhadores terceirizados, algumas empresas estão descumprindo o acordo firmado neste mês de janeiro entre o Ministério Público do Trabalho, as empresas e o Sindicato, que prevê o pagamento de todas as verbas remuneratórias e indenizatórias aos trabalhadores. O Sindiserviços afirma que o Sindicato encaminhou novo pedido ao Ministério do Trabalho para que ele averigue o motivo do descumprimento do acordo e solucione a falta de pagamento dos trabalhadores.
As recepcionistas atuam em hospitais, postos de saúde e unidades de pronto atendimento da rede pública do DF.

Skip to content