Primeiro Encontro de Experiências Sistêmicas na Educação do DF

A Universidade de Brasília (UnB) promove, dia 27 de outubro, o Primeiro Encontro de Experiências Sistêmicas na Educação do DF: Novos caminhos na relação Família e Escola. O encontro tem o propósito de compartilhar conhecimentos sistêmicos vivenciados em contextos educacionais. A programação conta com exposição de pôsteres produzidos a partir do tema proposto, e com a realização de 04 mesas-redondas, compostas por professores(as) que participaram de formações sistêmicas para a educação.
A visão sistêmica que norteia o encontro baseia-se primeiramente nos conhecimentos contemporâneos do teólogo e pedagogo alemão Bert Hellinger, descritor das três leis sistêmicas que regem o sistema familiar: equilíbrio, ordem e pertencimento. Sabe-se que, posteriormente, a professora alemã Marianne Franke-Gricksch introduziu o conhecimento sistêmico no cotidiano escolar, utilizando-o, especialmente, com crianças que apresentavam dificuldades na escola. Consequentemente, sua prática educativa ganhou novos rumos, os quais trouxeram, tanto para os alunos quanto para ela, como professora, uma alegria capaz de produzir “muitas ideias de como a escola pode ser vivida”.
Contribuiu também para esse movimento sistêmico outra importante colaboradora da Pedagogia Sistêmica, a professora mexicana Angélica Olvera, a qual destaca o quanto essa abordagem, ao ser contemplada nos contextos escolares, traz ações significativas e imediatas à educação. Contudo, a Pedagogia Sistêmica não deixa de admitir, ou pretende substituir as metodologias que estão propostas no ensino formal, contribuindo de modo significativo para sanar ou amenizar as dificuldades encontradas no contexto escolar ao somar novas práticas e novos saberes à educação.
As inscrições podem ser feitas pelo site www.even3.com.br/PEESDF, e maiores informações pelo e-mail peesdfeducacao@gmail.com ou pelos telefones 99288-2798 ou 99987-6220.
Programação geral:

Skip to content