“Escola sem sentido” foi eleito melhor curta do Festival de Brasília de Cinema

O curta-metragem Escola sem sentido, de Thiago Foresti, conquistou a preferência de público e de especialistas e foi um dos premiados entre 792 filmes inscritos e 111 selecionados para as 13 mostras que compuseram o 52º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, realizado entre 22 de novembro e 1º de dezembro.

O filme ganhou o Prêmio Saruê, do Correio Braziliense; foi escolhido pelo júri popular como melhor curta; recebeu o Prêmio Técnico Edina Fujii Ciario como melhor curta pelo Mostra Brasília; ganhou o Prêmio de Melhor Ator, entregue ao ator Wellington Abreu.  Confira aqui as premiações.

Escola sem sentido foi premiado na Mostra Brasília BRB – um segmento dentro do festival exclusivo para filmes feitos no Distrito Federal –, que também revelou outros vencedores no dia 30.

Como é o caso do longa, também de Brasília, intitulado Dulcina, de Glória Teixeira, considerado o melhor longa-metragem tanto pelo júri técnico quanto pelo popular. Trata-se de um documentário que retrata vida e obra da atriz e diretora de teatro Dulcina de Moraes por meio de depoimentos, imagens de arquivo e reconstituições.

O Festival de Brasília exibe longas e curtas-metragens distribuídos entre Mostra Competitiva – com prêmios em dinheiro e troféu Candango para todas as categorias – Mostra Brasília BRB de Cinema e mostras paralelas.

ESCOLA SEM SENTIDO
Clique no título do filme e conheça o curta-metragem vencedor Escola sem sentido.

Resenha do filme:
Quando políticos, líderes religiosos e pais de alunos limitam o debate na escola, é sinal de que alguma coisa está muito errada. O vídeo acima mostra depoimentos reais de professores brasileiros que sofreram perseguições. São profissionais da educação que não foram respeitados nas suas didáticas e opiniões.

O projeto Escola Sem Sentido quer dar voz a educadores que passaram por situações semelhantes. Se você já viveu algo parecido, conte-nos a sua história. Você não precisa se identificar (pode usar um pseudônimo), mas a sua participação é muito importante para gente. Em breve, vamos publicar os relatos mais impactantes aqui na página da nossa campanha.

 

Skip to content