ESCOLA NA SAMAMBAIA É ALVO DE ASSALTANTES

A Escola Classe 415 de Samambaia Norte, foi mais uma vez alvo de violência. Desta vez, foi na madrugada da última quarta-feira (8), onde criminosos pularam o muro da escola, tendo acesso a  salas do colégio. Segundo a vice-diretora Érica Alves, ao chegar na escola, se deparou com um cenário triste “percebi que estava quebrada a sala da coordenação, a sala do apoio administrativo, nossa sala de vídeo e biblioteca e diversos objetos espalhados pelo chão”, conta.

No ano de 2011, a EC 415 passou por  momentos difíceis. Um incêndio criminal consumiu parte do bloco administrativo e com a intensidade das chamas de fogo, o teto da sala de coordenação pedagógica desabou,tendo um prejuízo material gigante.

Deste vez, os criminosos levaram computadores, 2 notebooks , tablets e máquinas fotográficas. O caso foi registrado na delegacia da região.

Para a vice-diretora, a região carece de um policiamento ostensivo, deixando toda comunidade escolar na mira da violência desenfreada que domina todo o Distrito Federal e principalmente na região da Samambaia.

Todo esse cenário se dá diante da falta de investimento, e a falta do olhar público para a educação. Além da falta de infraestrutura, falta também a contratação de funcionários para cuidar da segurança dentro e fora do colégio.

Para o diretor do Sinpro Carlos Maciel, o descaso do governo com a educação é o grande responsável pelos crescentes números de violência em nossas escolas “É preciso investimento e novas contratações”, afirma o diretor.

 

 

 

Skip to content