Escola Classe 31 de Ceilândia realiza o VI Chá com Letras

    A sexta edição do Chá com Letras da Escola Classe 31, de Ceilândia, será realizada, neste sábado (14), das 9h às 12h. Aberta à comunidade escolar, este ano, os pais, mães e responsáveis pelos estudantes poderão visitar a apresentação dos trabalhos literários que os(as) 780 estudantes desenvolvem ao longo do ano.

    Os trabalhos estarão classificados por temas e poderão ser visualizados nas salas temáticas. O Chá com Letras é o ponto culminante do projeto de literatura da escola e está dentro do Projeto Político Pedagógico (PPP).

    Francisco de Assis, diretor da EC 31, diz que a metodologia visa a colocar as crianças e pré-adolescentes (a idade dos(as) estudantes dessa escola vai de 4 a 12 anos) em contato constante com a literatura. “Os professores escolhem os autores. Alguns deles são do Distrito Federal e muitos são professores da rede pública de ensino”, informa.

    Nesta edição, os autores participaram das aulas, fizeram sessões de contação de histórias e, no dia do Chá com Letras, eles também participam com a divulgação e venda de suas obras. As(os) autoras(es) também estarão no Chá com Letras divulgando e autografando as obras para quem comprá-las o quem já as tiver.

    Este ano, a escola escolheu a obra “As maluquices da bruxinha Luaril”, de Nilvânia Perpétua; “A florzinha encolhida” e mais sete obras de Lair Franca; “O bicho” e “Tempo de areia”, de Francisco de Assis Assley.

    O VI Chá com Letras – Literatura, arte e diversão – é aberto à comunidade escolar.