Edição 2014 da Olímpiada do Conhecimento é lançada em São Paulo

    Maior competição de educação profissional das Américas, a Olímpiada do Conhecimento vai reunir cerca de 800 estudantes de cursos profissionalizantes do país entre os dias 3 e 6 de setembro, em Belo Horizonte, anunciaram nesta quinta-feira os organizadores no evento de lançamento da edição 2014, em São Paulo.
    “O jovem que participa de uma formação profissional é preparado para ser um cidadão comprometido com o desenvolvimento do país”, destacou Robson Braga, presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI).
    De acordo com Braga, 67% dos cursos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), que organiza o evento, são gratuitos, e 85% dos jovens que o fazem saem empregados, um incentivo “fundamental” para impulsionar a inserção dos jovens em universidades e mercado de trabalho.
    O torneio brasileiro foi criado em 2001 e espera receber nesta oitava edição 105 mil jovens visitantes na capital mineira para acompanhar a competição, que é realizada a cada dois anos.
    Para Abner Columbati, de 19 anos, que acabou o curso de confeitaria, a educação profissional é importante por “tornar os jovens profissionais de alta performance, ficando acima das expectativas do mercado”.
    A Olimpíada testa habilidades técnicas e pessoais dos jovens de 17 a 21 anos que participam de cursos técnicos em 58 áreas e foram avaliados previamente em etapas estaduais.
    “A ideia é unir talento com trabalho”, disse o diretor geral do Senai, Rafael Lucchesi.
    O diretor também criticou a baixa produtividade do Brasil em relação a outros países, destacando que é “preciso mudar a cultura de valores do país, onde o trabalho não é tido como valor fundamental”.
    Como parte da competição, os jovens que participam do torneio irão visitar escolas públicas de Belo Horizonte para entender a realidade da educação no Brasil e também motivar outros adolescentes a fazer cursos de aprendizagem, explicou Lucchesi.
    Além disso, no dia 23 de agosto será criada uma Praça do Conhecimento na capital mineira, uma festa com atividades culturais de incentivo à educação profissionalizante.
    Durante a competição haverá uma exposição sobre desafios da inovação na indústria, o evento Brasil Fashion para identificar talentos para a indústria da moda, com desfiles e palestras com nomes como Lino Villaventura, Alexandre Herchocovitch e Ronaldo Fraga.
    No dia 2 de setembro, em evento simultâneo, será realizado pela primeira vez o Festival Internacional de Robótica, onde 210 alunos inscritos irão construir e programar robôs para resolver soluções tecnológicas, de acordo com a organização.
    Nesta atividade, jovens de outros países participam como Estados Unidos, Chile, Canadá, Estônia e Áustria.
    Após a Olímpiada, os vencedores representarão o Brasil na competição americana WorldSkills 2015, que será realizada pela primeira vez em São Paulo com as melhores equipes de 60 países.
    (Do Terra)