Continuidade da luta por valorização é o mote no dia do Orientador Educacional

Nesta quarta-feira (4),  é celebrado o dia Pedagogo-Orientador Educacional, profissional de educação que exerce um importante papel dentro da escola ao lado do(a) diretor(a), do(a) coordenador(a) pedagógico(a), do professor(a) e demais membros da equipe escolar. O(a) orientador(a) é parte integrante da gestão escolar e um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento  de cada estudante. Além de prepará-los  para o mundo do trabalho, o orientador(a) contribuiu para a formação de um cidadão crítico e participativo na sociedade. Uma de suas principais atuações passa pela escuta sensível, que contribui na mediação das relações entre professor(a), estudante e família. Desta maneira,  o(a) orientador(a) ajuda a facilitar o processo de ensino aprendizagem de cada estudante.

A profissão de Orientador-Pedagogo Educacional foi criada através da Lei nº 5.564 de 21 de dezembro de 1968 e regulamentada pelo decreto nº 72.846/73, de lá para cá, inúmeras conquistas foram alcançadas, porém, ainda há um longo caminho a ser percorrido.

A diretora da Secretaria de Formação Sindical do Sindicato dos Professores no Distrito Federal (Sinpro-DF), Meg Guimarães,  parabeniza a categoria e esclarece que embora a profissão seja de extrema importância para educação, muitas escolas ainda não contam com este profissional na equipe.  Meg explica que os orientadores e orientadoras precisam de mais suporte e de melhores condições de trabalho, em muitas unidades não existe nem mesmo uma sala específica para orientadores(as). Para ela, para avançar na carreira é fundamental a ampliação dos profissionais na rede, a abertura de novos concursos públicos, a luta pela garantia e manutenção dos direitos, além da participação contínua no enfrentamento aos ataques à educação.

“Muitos desafios estão postos para nós, porém, obtivemos conquistas significativas, fruto da luta do segmento e da Comissão de Concursados. Graças a unidade e a luta coletiva,  tivemos quase 700 convocações e um total de mais de 500 nomeações. Seguiremos firmes para avançar e garantir mais direitos”, alertou.

Outra conquista alcançada este ano foi a reformulação na redação do Artigo 10, da Lei nº 5.105/13, que trata do Plano de Carreira, aprovado pela Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). A medida interrompeu o questionamento do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) à Secretaria de Educação do DF que, desde 2017, criava problemas nas escolas em relação ao direito dos(as) professores(as) e orientadores(as) educacionais de planejarem suas ações pedagógicas para atendimento ao público. Com a mudança, orientadoras(es), também passam a ter garantida, na sua jornada de trabalho, a coordenação pedagógica.

Luciano Matos, orientador educacional e diretor da Secretaria de Finanças do Sinpro-DF ressalta que é fundamental a valorização da profissão, pois os(as) orientadores(as) são profissionais fundamentais que contribuem na ação coletiva perante os professores, a direção, a família e a própria comunidade escolar, com o objetivo de atender melhor os estudantes. Para ele, apesar das nomeações de orientadores(as) conquistadas este ano serem um avanço, a necessidade de valorização desses profissionais em sua plenitude deve ser constante.

“Esta é uma data muito importante e especial para todos nós. Ela foi fruto de mais uma conquista do Sinpro e hoje faz parte do calendário da Secretaria de Educação. Gostaríamos de fazer uma saudação a todos orientadores e orientadoras, em especial, aos novos contratados que agora fazem parte da rede de ensino e vão ajudar a fortalecer  a orientação educacional no DF.  É preciso estarmos cada vez mais unidos diante dos fortes ataques à democracia e retirada dos direitos conquistados e adquiridos. Temos muitos desafios pela frente, por isso, precisamos manter a unidade nas lutas para que possamos avançar cada vez mais.”, conclamou o dirigente.

Para comemorar esta data tão especial, a diretoria do Sinpro-DF realizou na última sexta-feira (29), um encontro formativo e almoço de confraternização para todos(as) orientadores(as) filiados(as). A atividade que aconteceu na Chácara do Professor (Espaço Chico Mendes – em Brazlândia), reuniu a categoria para celebrar a profissão e intensificar a unidade de classe.

Confira fotos da atividade:

 

 

 

Skip to content