CONAPE debate PNE e PDE no dia 29 de novembro, no Sinpro


No dia 29 de novembro o Sinpro realizará sua Conferência Livre de Educação, que este ano trabalhará com o tema: Monitorar e Avaliar o Plano Distrital de Educação. A conferência, que será realizada das 13h às 19h, no auditório do Sinpro, possui um caráter mobilizador e apresentará um conjunto de propostas relativas ao monitoramento, avaliação e a efetiva implementação tanto do Plano Nacional de Educação (PNE) quanto do Plano Distrital de Educação (PDE).
Segundo o diretor do Sinpro e representante do sindicato no Fórum Distrital de Educação (FDE), Júlio Barros, o objetivo é mobilizar a sociedade de Brasília para intensificar o monitoramento e a avaliação do cumprimento do PNE e do PDE, averiguando também o corpo da lei, suas metas e estratégias, além de propor políticas e ações que indiquem responsabilidades, corresponsabilidades, atribuições concorrentes complementares e colaborativas entre os entes federativos e os sistemas da educação.
“Temos que avaliar e fazer o debate de vários eixos. Faremos a discussão do PDE e do Sistema Distrital de Educação, com assuntos que permeiam a qualidade, avaliação, gestão democrática, educação e diversidade, valorização dos profissionais da educação, condições de trabalho, financiamento da educação, transparência e controles sociais, dentre outros eixos. É fundamental que cada profissional do magistério participe de todas as etapas. Participe das plenárias na sua escola, das conferências nas suas cidades, prestigie nossa conferência livre de educação no dia 29 de novembro e em março de 2018 faremos a conferência distrital de educação, que vai culminar com a conferência nacional em abril de 2018, em Belo Horizonte”, diz Júlio Barros, finalizando que “implementar os Planos de Educação é defender uma educação pública de qualidade social, gratuita, laica e emancipadora”.
Clique aqui e confira a ata da Conferência, que deve ser entregue na sede do Sinpro até a data do evento (29/11, às 13h). Porém, é fundamental confirmar a participação pelo telefone 3343-4209 e/ou pelo WhatsApp 99232-1674.
Confira os critérios de participação:
1 – Delegados(as) natos(as): diretores(as) do Sinpro;
2 – Professoras(es) aposentadas(os) terão garantidas 70 vagas;
3 – Professores(as) e orientadores(as) educacionais eleitos nas conferências de suas cidades para a Conferência Distrital (março de 2018) são delegados(as) natos(as);
4 – Delegados(as) sindicais que comprovem sua eleição por meio de Ata atualizada (2017) terão a sua participação garantida, sem levar em consideração o número de delegados(as) a que cada escola tem direito.
4.1 – Escolas com até trinta (30) professores(as) têm direito a uma (01) vaga de delegado(a);
4.2 – Escolas que tenham de 31 a 150 professores(as) têm direito a duas (02) vagas de delegado(a);
4.3 – Escolas com mais de 150 professores(as) têm direito a três (03) vagas de delegado(a);
4.4 – Cinco (05) vagas de delegado(a) para orientadores(as) por cada Coordenação Regional de Ensino (CRE). Os(as) orientadores(as) deverão ser indicados(as) pelo coletivo de suas respectivas Coordenações Regionais com registro em Ata;
4.5 – Um (01) vaga de delegado(a) para professor(a) por cada Coordenação Regional de Ensino (CRE);
4.6 – Duas (02) vagas de delegados(as) para a Subsecretaria de Educação Básica;
4.7 – Três (03) vagas de delegados(as) para a Escola de Aperfeiçoamento dos Profissionais de Educação (EAPE), sendo uma vaga para delegado nato;
4.8 – Os casos de desistência dos(as) delegados(as) deverão, obrigatoriamente, estar registrados em ata;

4.9 – Delegados/as Eleitos nas Conferências Regionais de suas cidades serão  Delegados/as Natos à Conferência Livre dos Profissionais do Magistério do dia 29 de outubro.

Observações:
1 – O AFAST será encaminhado pelo Sinpro após a confirmação dos(as) delegados(as) inscritos(as);
2 – Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora da Conferência.
3 – Todo e qualquer delegado deve ser sindicalizado ao Sinpro
 

Skip to content