CEF 1 de Brazlândia realiza 1ª mostra de artes

 

Com um público estimado de 1.500 pessoas, o CEF 1 de Brazlândia apresentou a 1ª mostra de artes da escola. A atividade ocorreu no dia 30 de setembro, um sábado, das 8h às 12h30 – mobilizando toda a comunidade escolar.
“Queríamos mostrar as habilidades e tendências artísticas dos estudantes”, explicou o professor de Artes Diego Rodriguez. E conseguiu.

Uma exposição foi organizada em dois pavilhões da escola, explorando temas como a vida e obra de Frida Kahlo e de Tarsila do Amaral, releituras do Modernismo Brasileiro, desenhos, fotografias, poesias e arte africanas, e muito mais. Houve até festival de música.

O professor Diego contou que no primeiro pavilhão “trabalhamos com desenhos, bidimensionalidade, desenhos arquitetônicos, tridimensionalidade e desenhos com modelos vivos. Apresentação e estudos sobre Frida Calo [fotos] e Tarsila do Amaral [releitura do Abapuru]”.
No segundo pavilhão, a ênfase foi para trabalhos relacionados com a técnica Bauhaus – técnica alemã de design, envolvendo construção civil, arquitetura, engenharia e construção de móveis. “Pegamos vários materiais descartados e criamos ambientes com móveis, feitos pelos estudantes, nesse estilo. Alguns projetos chegaram a ser vendidos”.

Interação – Também no segundo pavilhão foram montados espaços de interação entre público e obras de arte. Um deles apresentava máscaras africanas, tendo como som de fundo os tambores característicos da região. Entres toques de tambores era cantada a poesia Negro Drama, do grupo Racionais, na voz de Seu Jorge.
Outro espaço fez referência ao poeta Mário Quintana, com poesias e vídeos.
“O sucesso do trabalho foi de todos; dos estudantes, da equipe pedagógica, dos professores e da direção da escola – que compraram a ideia da exposição”, finalizou Diego.



Fotos: ECOM

Skip to content