Сerca de 90% dos pacientes ventilados em NY por Covid-19 morrem, revela estudo

 

Praticamente nove em cada dez pacientes que foram colocados em ventilação artificial na cidade de Nova York após teste positivo para COVID-19 faleceram, apuraram especialistas.

estudo, denominado “Apresentando características, comorbidades e resultados entre 5.700 pacientes hospitalizados com COVID-19 na área da cidade de Nova York”, da autoria de três cientistas de saúde pública, analisou dados de quase 5.700 pessoas que haviam sido hospitalizadas entre 1º de março e 4 de abril, infectadas com o vírus SARS-CoV-2.

(Reprodução Via Internet)

Concretamente, examinaram os casos de 2.634 pessoas que morreram ou tiveram alta hospitalar. Destas, 320 pacientes tinham sido conectados a um dispositivo de ventilação artificial mas 88,1% vieram a falecer.

Entre as pessoas mecanicamente ventiladas com mais de 65 anos de idade, a taxa de mortalidade chegou a 97,2%, apurou o estudo. Ao mesmo tempo, entre pacientes da mesma faixa etária que não foram colocados em ventilação artificial, o índice de falecimentos foi de 26,6%.

Os Estados Unidos são, atualmente, o país mais afetado pela pandemia do coronavírus. Segundo dados de hoje (24) da Universidade de Johns Hopkins, há mais de 869 mil casos de infecção no país, enquanto o número de mortes é quase 50 mil, incluindo mais de 16 mil na cidade de Nova York.

Reprodução 247

Skip to content