Por administrador em 21/jun/2011

Professor ganha primeiro lugar em concurso da SENAD



 

O Concurso  Nacional Arte e Cultura na Prevenção do Uso de Crack e de Outras Drogas premiou na última segunda-feira (20/6), 90 vencedores. Cinco deles são do Distrito Federal.  Entre eles o professor do CEM 03 de Taguatinga, César Ricardo de Paula, 37 anos, que venceu na categoria Jingle.
César conta que soube do concurso pela Internet. “Nunca havia participado. Trabalho com música e achei o tema interessante porque trata de uma questão que está devastando a juventude”, diz. Ele explica que escreveu o jingle sem pretensões, já no último dia. “Enviei a mensagem e recebi um telefonema há cerca de 20 dias, contando que eu tinha ganhado. Fiquei muito surpreso”, diz.

Para o músico, a arte a arte é o melhor caminho para livrar a juventude das drogas. O autor do jingle afirma que sintetizou em poucas palavras, durante 30 segundos, a mensagem. “O jingle diz que a arte e a cultura, além da determinação humana, faz com que a gente não chegue perto das drogas”, explica. Como prêmio, Carlos recebeu R$ 3 mil e pretende utilizar o dinheiro para investir na carreira musical. “Também abri mão de todos os direitos autorais para que a mensagem possa ser divulgada”, completa.

 

Concurso
De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério da Justiça, o concurso, criado pela Secretaria Nacional sobre Drogas (SENAD) do Ministério da Justiça, marca a 13ª Semana Nacional sobre Drogas (19 a 26 de junho). O prêmio se divide em cinco categorias: cartazes, fotografia, jingle, vídeo e monografia.

Ao todo, foram distribuídos R$ 135 mil em prêmios para estudantes matriculados desde o 2º ano do ensino fundamental até universitários. representante do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e a secretária Nacional sobre Drogas, Paulina Duarte, participaram da entrega do prêmio.
(com informações do site do Correio)

Imprimir