Por administrador em 08/dez/2009

Desvio de verba da merenda escolar



Não bastassem todas as denúncias de corrupção envolvendo o governador José Roberto Arruda e sua cúpula, uma denúncia feita por um professor e alunos revela o desvio de verba para a compra de merenda escolar do Centro de Ensino Médio 414 de Samambaia. Segundo a denúncia, apresentada na Assessoria da Promotoria de Justiça de Defesa da Educação (Proeduc), desde o início do ano a escola não recebe merenda escolar por parte do Governo do Distrito Federal. O Sindicato dos Professores no Distrito Federal (Sinpro-DF) vai acompanhar a questão de perto e exigir a punição para os responsáveis no caso de constatação de desvio de verba.
Segue a transcrição completa apresentada à Proeduc:

“que prestaram as seguintes declarações: que são professor e alunos do Centro de Ensino Médio 414 da Samambaia; que a escola nunca teve merenda escolar desde o início do corrente ano; que os fatos relatados em anexo demonstram o pleito dos representantes; que não há nenhuma ação judicial sobre a questão apresentada a esta Promotoria; que desejam providência desta Promotoria, afim de que os repasses do FNDE para a merenda escolar para o GDF sejam investigados, vez que há indícios de desvio de verba. E nada mais havendo a declarar, encerrei o presente termo que vai por mim assinado e pelos declarantes.”

Imprimir