Por administrador em 22/maio/2013

Debate na UnB com o professor Newton Duarte



Educação, Modernidade e Pós-Modernidade são os temas do debate que ocorre na próxima quinta, dia 23, no auditório Dois Candangos da UnB, com o professor Newton Duarte, das 19 às 23h. Após a palestra será feito o lançamento do livro Pedagogia Histórico-Crítica e Lutas de Classes na Educação Popular. Também na UnB, no dia 24, haverá discussão temática sobre o método científico da pesquisa em Educação, na sala Papirus da Faculdade de Educação da UnB.  As inscrições podem ser feitas pelo site: http://goo.gl/KrSdu

O professor Newton Duarte, é um dos principais expoentes da Pedagogia Histórico-Crítica. Pedagogo e mestre em educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), doutor em educação pela UNICAMP, realizou pós-doutorado na Universidade de Toronto (Canadá).

Pedagogia Histórico-Crítica é tributária da concepção dialética, especificamente na versão do materialismo histórico, tendo fortes afinidades, no que ser refere às suas bases psicológicas, com a psicologia histórico-cultural desenvolvida pela “Escola de Vigotski”.

A educação é entendida como o ato de produzir, direta e intencionalmente, em cada indivíduo singular, a humanidade que é produzida histórica e coletivamente pelo conjunto dos homens.

 

Em outros termos, isso significa que a educação é entendida como mediação no seio da prática social global. A prática social se põe, portanto, como o ponto de partida e o ponto de chegada da prática educativa. Daí decorre um método pedagógico que parte da prática social onde professor e aluno se encontram igualmente inseridos, ocupando, porém, posições distintas, condição para que travem uma relação fecunda na compreensão e encaminhamento da solução dos problemas postos pela prática social, cabendo aos momentos intermediários do método identificar as questões suscitadas pela prática social (problematização), dispor os instrumentos teóricos e práticos para a sua compreensão e solução (instrumentação) e viabilizar sua incorporação como elementos integrantes da própria vida dos alunos (catarse).

 

Imprimir