Por administrador em 23/ago/2011

Atenção, professores de contrato temporário!



Infelizmente o GDF não publicou a portaria que permitiria que os professores de contrato temporário apresentassem atestados de até três dias na própria escola, conforme havia sido anunciado pelo Sinpro como resultado da última negociação da nossa campanha salarial.  Ao demorar a expedir a referida portaria, o GDF criou uma série de problemas para os contratos, que acreditaram e confiaram na palavra dada em mesa de negociação. A Secretaria de Educação   havia anunciado que aceitaria que os contratos prejudicados entregassem o atestado retroativamente na Diretoria de Saúde Ocupacional  (DSO), mas nesta sexta-feira fomos informados que isso não será possível. Diante da situação acreditamos que é preciso resolver o problema nas próprias escolas e apelamos para o bom senso dos gestores no sentido de evitar que os contratos temporários tenham corte em seus salários por este motivo. Esperamos que a portaria seja publicada o mais rápido possível, a fim de evitar mais problemas para os contratos. O Sinpro não irá admitir que estes professores sejam prejudicados e estaremos ao lados dos companheiros na luta por seus direitos.

Imprimir