Por administrador em 26/set/2009

Alunos do CEE 01 aprendem a partir da reciclagem



A união entre a teoria e a prática é seguida à risca no Centro de Ensino Especial 01 de Taguatinga. Desde maio os alunos de Educação de Jovens e Adultos (EJA) da escola trabalham com a confecção de objetos a partir da reciclagem de resíduos sólidos. Dentre os artigos produzidos por 16 alunos e pela professora Maria Solange Albernaz Camargo, na Oficina de Reciclagem de Resíduos Sólidos, estão banquinhos, instrumentos musicais, estruturas de relógio e caixas para guardar objetos. Tudo é criado com garrafas pet, papelão, jornais e sacos de cimento que são recolhidos e depositados no galpão do CEE.
“Com todo este material disponível os alunos fazem banquinhos com garrafas e jornal, instrumentos musicais com papelão e sacos de cimento, e as estruturas de relógios feitas com madeira. Prontos, os objetos são vendidos à comunidade a preços que variam de R$ 10 a R$ 60”, comenta Maria Solange. A professora ainda diz que todo o valor arrecadado com a venda dos objetos é encaminhado à Associação de Pais e Mestres (APM) da escola, o que será futuramente revertido para atividades gerais do Centro de Ensino e para o usufruto dos próprios alunos.
Objetivo da oficina – A confecção de objetos com resíduos sólidos já era realizada na oficina com os alunos gerais da escola. Aproveitando o espaço e o interesse mostrado pela classe de EJA, a direção do Centro optou por fazer o casamento do útil ao agradável. “Os 16 alunos são divididos em duas turmas, onde uma fica antes do intervalo e a outra depois. Com isto podemos trabalhar tanto a parte pedagógica como a teórica”, comenta Maria Solange.
Segundo a direção do CEE 01, um dos principais retornos observados está no desempenho dos alunos. Alguns deles melhoraram consideravelmente princípios de socialização além do aproveitamento das demais matérias curriculares.

Imprimir