Por administrador em 05/out/2011

1ª edição da Feira Brasiliense de Tecnologia e Ciências acontece esta semana



A 1ª Feira Brasiliense de Tecnologia e Ciências (FEBRATEC) acontece nos dias 06 e 07 de outubro no campus da UnB – Gama. Uma iniciativa de professores e alunos do Centro de Ensino Médio Integrado do Gama (CEMI) que visa promover a iniciação científica entre os jovens estudantes do ensino médio. A Feira tem o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Universidade de Brasília (UnB), que premiará os melhores projetos do evento. O evento tem o objetivo de estimular a cultura investigativa, de inovação, de tecnologia e de empreendedorismo na educação básica, entre os estudantes de 14 a 21 anos. A Feira é interdisciplinar e serão apresentados trabalhos das seguintes categorias: biológica, ciências exatas, ciências humanas, ciências sociais aplicadas, engenharia e informática, que se destacaram por sua criatividade, rigor científico e inovação. Serão expostos 60 projetos de diversas escolas publicas e particulares do Distrito Federal.

“É cada vez mais evidente que o fundamental é aprender a aprender e aprender sempre. Com isso, é imprescindível criar espaços em que os estudantes descubram suas habilidades e desenvolvam outras”, afirma o Coordenador da FEBRATEC, Ariomar da Luz Nogueira Filho, professor da Secretária de Educação do Distrito Federal.

Existe a expectativa de receber cerca de 300 visitantes por dia neste evento. Durante os dois dias da mostra competitiva, alguns avaliadores – professores da UnB, da SEE – DF e profissionais voluntários – irão selecionar os melhores projetos, nas seis categorias, que serão premiados em uma cerimônia, a ser realizada no dia 10 de outubro, no Auditório da FGA. Na ocasião, os autores dos melhores projetos ganharão medalhas e certificados, entre outros prêmios. Os trabalhos que mais se destacarem na FEBRATEC também se qualificarão para participar da MOSTRATEC no Rio Grande do Sul, da Feira Ciência Jovem em Pernambuco e da FEBRACE em São Paulo.

Rede de estímulo – A FEBRATEC, na verdade, é mais do que uma feira. É uma ação contínua, que visa estimular a criatividade, a reflexão e o raciocínio crítico dos estudantes que ainda não chegaram ao ensino superior. “A idéia é despertar neles o interesse pelo desenvolvimento de projetos investigativos em ciências, mostrando que, independentemente do nível de escolaridade e da classe social, eles têm capacidade de realizar inovações incrementais para solucionar um problema concreto”, explica o professor Ariomar. Mais informações sobre o evento estão à disposição no site www.febratec.org.br

 

Imprimir