Por falta de repasse, creches conveniadas com o GDF ameaçam entrar em greve

Um informativo que circula em creches conveniadas com o Governo do Distrito Federal (GDF) chamou a atenção dos pais de alunos: segundo o comunicado, as atividades serão paralisadas na segunda-feira (22/2) por falta de repasse financeiro da Secretaria de Educação.
A decisão foi tomada em assembleia realizada pelo Conselho de Entidades de Promoção e Assistência Social do DF (Cepas) na última quinta (18), e as aulas só devem ser retomadas quando os espaços receberem os recursos. As instituições conveniadas atendem cerca de 15 mil crianças no DF.
Um pai de aluno, que pediu para não ser identificado, afirmou à reportagem que participou da reunião em que foi anunciada a paralisação. “As aulas começaram há duas semanas e no sábado recebemos a informação de que a partir de segunda estão suspensas porque as creches conveniadas não recebem o dinheiro do GDF desde setembro do ano passado”, explicou.
“É complicado, porque educação é educação. Já não temos saúde e nem segurança, então temos que vencer o direito de ter educação pública de qualidade. Quando a gente consegue a vaga, acontece algo assim e temos que reestruturar toda a nossa rotina”, lamenta.
“Os repasses para as instituições que administram as creches é feito para o quadrisemestre (janeiro a abril) e estão sendo efetivados à medida em que os processos vêm sendo empenhados. O custo da secretaria com as creches conveniadas foi de aproximadamente R$ 120 milhões em 2015”, completou a nota.
(do Metrópoles)

Skip to content