Mobilização nas redes pede valorização do Piso Salarial do Magistério

2020 07 28 materia

Em resposta à iniciativa da Câmara dos Deputados que ameça votar projeto que altera a Lei do Piso Nacional, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) promove nesta terça-feira (28) a mobilização virtual #ValorizeOPisoDoMagistério. A campanha inclui dois pedidos: um para que deputados/as retirem da pauta o requerimento nº 108, de 2011 (PL 3.776/2008) que pretende alterar o parágrafo único do art. 5º da Lei do Piso do Magistério (Lei 11.738) e estabelecer o INPC/IBGE como único critério de correção do piso salarial dos/as professores/as da educação básica; o outro pedido é para que parlamentares conversem com a categoria sobre como valorizar profissionais da educação.

A forma atual de atualização do Piso do Magistério está vinculada ao crescimento percentual do valor aluno ano do FUNDEB, sistemática essa que garantiu ganho real ao piso desde a sua implementação. Ainda assim, estudos revelam que a remuneração média dos docentes da educação básica, detentores de diploma de curso superior, representa pouco mais da metade da de outros profissionais brasileiros (não professores) com mesmo nível de escolaridade. Por isso não basta apenas defender o Piso, é preciso votar no congresso leis que possam de fato valorizar os profissionais e assim melhorar a qualidade da educação pública. Veja mais detalhes sobre este tema na nota pública da CNTE.

A mobilização será feita de maneira virtual, com um tuitaço, marcado para às 11h, e envio de mensagens para deputados/as por e-mails e whats apps ao longo do dia. Acesse a seguir o material da campanha, que também estará disponível nas redes sociais da CNTE.

Planilha de tuites:
https://bit.ly/tuites_valorize_piso_magisterio

Artes:
https://bit.ly/novo_link_cards

Fonte: CNTE

Skip to content