Estudantes de escolas públicas do DF são premiados em concurso da DPU

Cinco estudantes da rede pública do Distrito Federal fizeram bonito no 1° Concurso de Redação da Defensoria Pública da União (DPU). O concurso de 2015, que teve como tema Eu tenho direito e a DPU está comigo!, premiou 42 estudantes, 14 professores(as) e três escolas da rede pública de cursos regulares e de Educação de Jovens e Adultos (EJA) de todo o país. Do DF foram premiados: William dos Reis Lopes Vieira, do Centro Educacional Dona América Guimarães, em Planaltina; Rafaela Durães, do 8º ano do ensino fundamental EJA, e Rayane Vitória Neves do Nascimento, do 9º ano do ensino fundamental EJA, ambas do Centro de Ensino Fundamental 12, de Ceilândia; Dominga Ribeiro Santana, do 2º ano do ensino médio EJA, e Rosenilde Martins Pereira, do 3º ano do ensino médio EJA, que estudam no Centro Educacional do Lago Norte.
O Distrito Federal foi a unidade da federação com o melhor desempenho no concurso. Para William dos Reis, um dos vencedores, iniciativas como a da DPU tem uma importância muito grande na vida do estudante. “É muito importante e gratificante, pois no bairro em que moro há muita violência, e o concurso serviu para a gente poder aprender um pouco sobre nossos direitos e como incentivo aos estudos”, salienta.
Uma das maiores lutas do Sinpro e de toda a categoria é por uma escola pública de qualidade e prêmios como este mostram que a educação do DF está no caminho certo. De acordo com Ana Pedrosa, professora de Português do Centro Educacional do Lago Norte, este concurso colabora para o aprendizado e crescimento do cidadão. “Além de conhecer um pouco da DPU, este concurso oferece um conhecimento a mais para cada um deles, pois auxilia na escrita e na análise que fazem da sociedade como um todo”, finaliza.

Skip to content