Educação se mobiliza contra aprovação do PL 131

Nesta quarta-feira (2) educadores participam de mais um ato no congresso nacional em defesa da Petrobras é contra o projeto de lei 131, já aprovado no senado em regime de urgência e que agora está em análise na câmara. O pl prevê a retirada da Petrobras como operadora única do pré-sal e ameaça o financiamento da educação pública.
“A aprovação do projeto 131, do senador Serra, foi um grande golpe para a educação brasileira. Nós temos a esperança de implementar um PNE, onde 10% do PIB será para a educação. O PNE precisa dos royalties do petróleo. Se este projeto for aprovado, só no campo de libras, perderemos 50 bilhões, isso significa muito financiamento para as nossas escolas, para o país inteiro. Portanto, temos que lutar contra a aprovação deste projeto que agora está na Câmara Federal”, explica Selene Michielin, secretária de assuntos municipais da CNTE
Agora o movimento social, com a participação de sindicatos e da frente parlamentar mista em defesa da Petrobras, organiza uma agenda de luta, que inclui a ocupação do congresso na próxima semana e a criação de comitês em defesa da Petrobras nos estados.

Skip to content