Por administrador em 13/mar/2014

UnB e Secretaria de Educação discutem ensino médio em seminário na segunda (17)



O 2º Seminário Distrital do Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio (PNEM) será na segunda-feira (17). Evento contará com aula inaugural do curso de formação de professores.

No dia 17 de março de 2014 a Universidade de Brasília (UnB) e a Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEEDF) realizam o II Seminário Distrital do Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio – PNEM, que irá ocorrer no auditório da FINATEC (manhã e tarde) e na sala Papirus na Faculdade de Educação (noite). O seminário é destinado aos formadores da UnB/EAPE, orientadores de estudo da SEDF e representa a abertura oficial das atividades e contará com a aula inaugural – Formar Professores para Fortalecer Aprendizagens – ministrada pelo professor António Nóvoa da Universidade de Lisboa.

Sob a coordenação de Wivian Weller e Ricardo Gauche, ambos professores da Universidade de Brasília, o curso de 200 horas será oferecido durante o ano de 2014 para professores e coordenadores pedagógicos das escolas regulares de Ensino Médio e do 3º Segmento da Educação de Jovens e Adultos (EJA), mobilizando 107 escolas, cerca de 40 professores-formadores, 200 orientadores de estudo e aproximadamente 5.000 professores da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal.

O que é o PNEM?

O Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio (PNEM) é um acordo através do qual o Ministério da Educação (MEC) e as Secretarias Estaduais e Distrital de Educação assumem o compromisso com a valorização da formação continuada dos professores e coordenadores pedagógicos que atuam no Ensino Médio público. Entende-se que é importante realizar uma ampla reflexão referente à temática “Sujeitos do Ensino Médio e Formação Humana Integral”, em conformidade com as Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Médio – DCNEM.

Essa formação integra um conjunto de ações igualmente comprometidas com o fortalecimento e ampliação da qualidade do Ensino Médio, dentre as quais destaca-se o Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI), por meio do qual as escolas podem obter recursos financeiros exclusivamente destinados para o desenvolvimento de projetos pedagógicos voltados para a inovação curricular. O PNEM pretende fortalecer essas ações que já vem sendo desenvolvidas em diversas escolas públicas e fomentar a discussão sobre práticas docentes à luz das diretrizes curriculares para a formação da juventude do País.

Fonte: Agência UnB

Imprimir