Por administrador em 21/mar/2012

Nota de esclarecimento



Não sabemos de onde está partindo essa informação, mas esclarecemos, para que não pairem dúvidas: o GDF não apresentou qualquer proposta à Comissão de Negociação da categoria, nada sobre plano de saúde e nada sobre auxílio-alimentação. Não podemos deixar que boatos propagados por má-fé, com a intenção de dividir a categoria, coloquem sob suspeição a condução da luta pelo Comando Geral de Greve, eleito para esse fim pela categoria.

Também rechaçamos veladas tentativas de desmobilizar a categoria ameaçando corte de ponto. Nossa greve cumpriu todos os procedimentos legais para ser deflagrada e sempre reconhecemos o direito do aluno à reposição das aulas. Acreditamos que essa é uma reação ao fortalecimento cada vez maior da nossa mobilização, mas não é dessa forma que se resolverá o impasse e se restabelecerá a normalidade nas escolas públicas.

Nossa greve vai continuar forte, pois nossa luta é justa, pelo acordo feito pelo governo em 2011.

 

Imprimir