Por administrador em 19/set/2011

Alunos aprovam aula cidadã



A sexta-feira, dia 16, foi um dia diferente nas escolas públicas do Brasil. Isso porque nos dois últimos horários de cada turno, os estudantes tiveram uma aula sobre Piso Salarial, Carreira e a importância que 10% do PIB sejam destinados para a Educação. Para que todos os professores tivessem os subsídios necessários para a explanação da aula, a CNTE elaborou um Plano de Aula.

Assista ao vídeo produzido pela CNTE:



 

Em Brasília, a CNTE acompanhou a aula realizada no Centro Educacional 304, em Samambaia. O professor Antônio Lisboa, Secretário de Finanças da Confederação, falou da história de luta dos professores para que a Lei do Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN), aprovada pelo presidente Lula em 2008, seja integralmente cumprida. Ele também abordou a necessidade de se ter uma carreira valorizada, com formação continuada, para que o professor se sinta estimulado e produza uma aula melhor.

Atentos, os alunos aprenderam também sobre o financiamento da educação, ao ouvir a explicação sobre a arrecadação do PIB e que 10% desta arrecadação sejam para a educação. A aluna do 2º ano, Vanessa Souza, aprovou a iniciativa. “Essa aula foi importante para nosso conhecimento. Nós não sabíamos de nada do que foi explicado aqui. É bom ficar por dentro dos assuntos. E com certeza os 10% do PIB têm que ser destinados para educação, pois aumentaria a qualidade de ensino tanto para os professores quanto para os alunos”, disse Vanessa.

Depois da aula, o diretor do SINPRO-DF, Cláudio Antunes, anunciou o lançamento do Concurso Cultural que reunirá trabalhos artísticos sobre o “Por que dos 10% do PIB para a educação?”, promovido pela CNTE. “Eu acredito que o concurso vá ter muita adesão. Os alunos se interessaram pelo tema e com certeza vão gostar de ver seus trabalhos expostos. Além disso, os professores também irão abordar o tema em sala de aula, dando um enfoque maior ao concurso”. Os trabalhos inscritos ficarão expostos em um varal em frente ao Congresso Nacional, durante a Marcha Nacional “10 mil pelos 10% do PIB para a Educação” que será realizada no dia 26 de outubro em Brasília. (Fonte: CNTE, 16/09/11)

Imprimir