Por administrador em 24/jan/2014

Solidariedade: um mais um é sempre mais que dois



No último grande terremoto no Haiti, a sede da Confederação Nacional dos Educadores e Educadoras do Haiti (CNEH) foi totalmente destruída e, hoje, a entidade funciona em uma salinha de lata no pátio de uma escola. Mas esta realidade vai mudar. Movidos pela solidariedade, os trabalhadores em educação do Brasil filiados à CNTE estão transformando o sonho dos educadores do Haiti em realidade.

Graças a uma campanha da CNTE e da Internacional da Educação da América Latina (IEAL), que contou com a contribuição de 21 entidades sindicais, foi adquirido um terreno, na cidade de Porto Príncipe, capital do Haiti, onde será construída a futura sede da CNEH. Mais do que uma sede, o prédio a ser construído será um espaço cultural e social para reunir toda a comunidade, para celebração da vida e realização das festas dos trabalhadores do Haiti.

Confira abaixo a relação das organizações sindicais afiliadas à CNTE e o valor em reais da contribuição feita para a primeira fase da Campanha para a Construção da Sede da Confederação Nacional dos Educadores e Educadoras do Haiti:

APEOC/CE 3.742,65 SINTEAL/AL 4.752,00 APEOESP/SP 25.321,65 SINTEAM/AM 336,64 APLB/BA 3.930,60 SINTEGO/GO 2.530,48 FETEMS/MS 4.339,85 SINTEP/MT 3.471,88 SAE/DF 2.188,80 SINTEP/PB 679,56 SIMPERE/PE 427,41 SINTEPE/PE 3.196,05 SIND-UTE/MG 1.530,00 SINTEPP/PA 172,68 SINDIPEMA/SE 925,40 SINTER/RR 346,05 SINDIUPES/ES 6.265,70 SINTERG/RS 100,12 SINDIUTE/CE 414,35 SINTERO/RO 1.419,23 SINPEEM/SP 2.569,45 SINTERPUM/MA 176,44 SINPRO/DF 30.507,80 SINTESE/SE 3.396,35 SINPROESEMMA/MA 1.620,25 SINTET/TO 1.451,83 SINPROJA/PE 575,98 SISE/BA 115,88 SINTE/PI 3.530,30 SISMMAC/PR 1.249,63 SINTE/SC 3.183,27 SISPEC/BA 72,58

A campanha de solidariedade aos educadores do Haiti não vai parar. Na segunda fase, serão arrecadados recursos para comprar material de construção e erguer o prédio da sede da CNEH. Todos podem contribuir, o seu pouco vale muito. Participe!

Imprimir