Por administrador em 30/jul/2010

Sinpro avança nas negociações com o governo



A comissão de negociação do Sinpro-DF se reuniu na parte da manhã com a Secretaria de Educação do Distrito Federal e conseguiu avanços importantes na pauta de reivindicações da categoria. O cronograma de pagamento das dependências financeiras foi um dos temas abordados e a Secretaria informou que está tudo acertado para começar a pagar as pendências a partir de setembro, mas falta a assinatura do governador Rogério Rosso. Sobre a alternativa para ampliação do gozo da licença-prêmio a Secretaria disse que encontra dificuldades em autorizar o gozo das licenças por falta de professores substitutos. Contudo ficou marcada uma nova reunião para quarta-feira (04) a fim de tratar especificamente sobre este ponto. Nesta reunião a SEDF apresentará um levantamento sobre os principais problemas e discutir com o Sindicato dos Professores eventuais soluções para agilizar a concessão das licenças.
A garantia de um programa de formação continuada aos professores que não possuem licenciatura plena foi mais um avanço nas negociações. A Secretaria de Educação disse que está finalizando um convênio com o Ministério de Educação, para utilização da Plataforma Paulo Freire com a finalidade de garantir curso de graduação (licenciatura) para estes professores a partir do início de 2011. A SEDF ainda afirmou que está concluindo uma proposta para criar uma Escola de Nível Superior e que tão logo a proposta tenha sido construída convidará a Comissão de Negociação para fazer parte de um grupo de trabalho para debater a criação deste instituto.
Todas as propostas apresentadas fazem parte de novos avanços em nossas bandeiras de luta e em nossa pauta de reivindicações. A próxima rodada de negociação está marcada para o dia 12 de agosto, às 10h, na antiga Fundação Educacional.

Imprimir