Por administrador em 09/set/2011

Sinpro apóia ações da APLB que buscam punição aos assassinos de sindicalistas



O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB) prepara uma série de ações que buscam punição aos assassinos dos sindicalistas Álvaro Henrique Santos e Elisney Pereira Santos. Os dois foram cruelmente mortos no dia 17 de setembro de 2009, no momento que o sindicato mobilizava a categoria em busca de melhores condições de trabalho e maior incentivo à educação. Durante as investigações a polícia descobriu os autores e mandantes do crime, mas a Justiça liberou todos os acusados. Para que estes homicídios não fiquem impunes a APLB prepara uma série de ações no mês de setembro, com a confecção de outdoors em pontos estratégicos e um congresso que será realizado entre os dias 15 e 17 de setembro. O Sindicato dos Professores no Distrito Federal (Sinpro-DF) apóia este movimento e se solidariza com a luta da categoria em busca de justiça e punição para os assassinos.

Imprimir