Por administrador em 18/mar/2009

Sindicato dos Jornalistas apoia o reajuste de 19, 98%



O presidente do Sindicato dos Jornalistas, Romário Schettino, compareceu ao grande ato público dos professores, realizado no dia 11 de março, expressando a solidariedade da categoria ao reajuste de 19, 98% definido em lei para os professores.
Romário criticou a tese do Correio Braziliense de que os professores, se optarem pela greve, estariam cometendo o crime de “lesa-futuro”. “Esse crime quem o comete sistematicamente são os governantes neoliberais e seus aliados da grande imprensa”, disse o presidente do Sindicato.
Dando razão à revolta dos professores contra o inepto comentário do Correio, Romário pediu aos professores para distinguirem os jornalistas de seus editores ou patrões, pois nem sempre o ponto de vista dos profissionais coincide com a linha dos jornais que os empregam.

Imprimir