Por administrador em 01/jul/2010

Servidores serão dispensados da contrapartida do tíquete alimentação



A partir do salário de dezembro os servidores do Governo do Distrito Federal estarão livres do pagamento da contrapartida pelo recebimento do tíquete-alimentação. Os deputados distritais aprovaram por unanimidade nesta quarta-feira (30) o projeto de lei nº 1.603/2010, do Executivo, que acaba com a cobrança do reembolso do benefício. Agora só falta a sanção do governador para que o projeto se reverta em lei.

A medida beneficiará os servidores da administração direta, autárquica e fundacional do GDF. O fim da contrapartida é uma reivindicação da CUT e dos diversos sindicatos de servidores do GDF e um dos pontos de pauta dos professores. Sem dúvida, o fim da contrapartida aumenta o poder de compra do trabalhador, mas a luta continua para que o valor do benefício seja reajustado para patamares mais reais em relação ao custo da alimentação no DF.

Imprimir