Por Maria Carla em 11/jul/2017

Senado no escuro e sem microfones a mando do senador de Eunício de Oliveira, postura já vista no início da ditadura em 1964



O senador Eunício de Oliveira, presidente do Senado, por volta do meio-dia desta terça-feira (11) interrompeu a sessão que estava sendo presidida pela senadora Fátima Bezerra (PT-RN).
Bastante irritado, Eunício arrancou o microfone da lapela do vestido da senadora e anunciou: – “A sessão está suspensa até que eu volte ocupar a cadeira da presidência”. Imediatamente, a TV Senado interrompeu a transmissão ao vivo do plenário e passou a transmitir uma reunião da Comissão de Educação, Cultura e Esporte.
Visualize esse conteúdo do site da CUT http://s.cut.org.br/2uNcT56
Imprimir