Por administrador em 15/out/2014

Semana pela Democratização da Mídia faz combate ao ‘coronelismo eletrônico’



A Semana pela Democratização da Mídia, organizada pelo Fórum Nacional da Democratização da Comunicação (FNDC) em nove estados, de ontem (13) até sábado, promove debates em universidades, audiências públicas nas assembleias legislativas e a coleta de assinaturas para o Projeto de Lei de Iniciativa Popular da Mídia Democrática (Plip). Na próxima sexta-feira (17) comemora-se o Dia Nacional de Luta pela Democratização da Comunicação.

Bia Barbosa, integrante do coletivo de jornalismo Intervozes e militante do fórum, explica à Rádio Brasil Atual que, além de promover atividades sobre a conscientização da necessidade de uma mídia democrática, a mobilização quer acabar com o coronelismo eletrônico. “A gente chama de coronelismo eletrônico o controle de deputados e senadores que detêm os meios de comunicação e através da mídia influenciam e controlam o resultado eleitoral”, explica.

Para Bia, durante o período eleitoral, a concentração dos meios de comunicação nas mãos dos interesses privados é “muito grave” para a democracia. “O impacto que esse tipo de tendência, de informação seletiva, em que se fala mais de um ou menos de outro político, tudo isso influencia no resultado eleitoral”, afirma. A militante pontua que nossa mídia é controlada por um grupo de famílias e que o impacto da manipulação de informação, para defender interesses políticos durante as eleições, compromete os resultados.

“A diversidade de ideias, vozes e pluralidades culturais acabam não circulando de forma democrática no conjunto dos meios de comunicação de massa, que são controlados por poucos grupos. Quando a gente fala em democratizar, a gente fala em ampliar o número de vozes que podem se expressar”, considera.

O FNDM integra entidades sindicais e movimentos sociais e elaborou o Plip, que visa a regulamentar as leis de mídia no país. Para tramitar no Congresso Nacional, o projeto precisa do apoio de 1,3 milhão de assinaturas.

A regulamentação da mídia passa pela adoção de medidas de regulação democrática sobre a estrutura do sistema de comunicações, o combate à monopolização da mídia, a luta pela pluralidade de ideias e opiniões nos meios de comunicação e a promoção da cultura nacional em sua diversidade e pluralidade.

(Da Rede Brasil Atual)

Imprimir