Por administrador em 14/fev/2011

Seis grupos de trabalho são formados para discutir a pauta de reivindicações



Na última sexta-feira (11) uma reunião entre a Comissão de Negociação do Sinpro-DF, o secretário-adjunto de Educação, Erasto Fortes, a subsecretária da Sugepe (Subsecretaria de Gestão dos Profissionais da Educação), Patrícia Rocha, o subsecretário da Unidade de Administração Geral (UAG), Jacy Braga, além dos assessores da Secretária de Educação terminou com a formação de seis grupos de trabalho que irão discutir os seguintes temas da nossa pauta de reivindicações.

– Ensino Especial;

– Sistema Prisional;

– Educação Física;

– Educação de Jovens e Adultos (EJA);

– Gestão Democrática;

– Orientadores e Equipes.

Estes grupos de trabalho serão formados pela Comissão de Negociação do Sinpro e por representantes da Secretaria de Educação. Também ficou decidido que a próxima reunião será no dia 25 de fevereiro e que serão realizadas reuniões a cada 15 dias para abordar outros pontos da pauta, exemplo do Plano de Saúde, reajuste do Índice do Fundo Constitucional de no mínimo 13.83% para este ano, Habitação, entre outros.

Durante a reunião a Comissão do Sinpro ainda cobrou do governo uma posição sobre o reajuste que deve ocorrer no mês de março, o pagamento das pendências financeiras, a retomada do gozo da licença prêmio e a retomada do debate sobre o Plano de Saúde. Em resposta, a Secretaria acenou que fará um levantamento do número de professores com direito ao gozo da licença, e posteriormente realizará um escalonamento para que todos possam gozá-lo.

Laptop – Com relação aos laptops a SEE afirmou que entrará em contato com a Fundação de Apoio à Pesquisa do DF (FAP) para tentar resolver a situação o quanto antes, já que cinco parcelas estão em atraso.

Imprimir