Por administrador em 17/mar/2009

São Paulo: livro de geografia tem dois Paraguais



Deu na Folha: livro de geografia distribuído pelo governo José Serra em São Paulo tem dois paraguais! É isso mesmo! E ainda por cima os alunos da sexta série receberam o referido livro com a localização invertida do Uruguai e do Paraguai e com a não-inclusão do Equador no mapa “fronteiras permeáveis”, o que impede os alunos de responderem à questão, do mesmo livro, sobre quais os países sul-americanos que não fazem fronteira com o Brasil.
Sônia Castellar, professora de metodologia do ensino em geografia do curso de Pedagogia da USP (Universidade de São Paulo) considerou os erros um horror e gravíssimos. Na opinião dela, um material distribuído pelo Estado deveria ter uma avaliação mais rigorosa. Mas o que a Secretaria de Educação do governo José Serra fez foi responsabilizar a Fundação Vanzolini, que edita a publicação, pelo erro.
Será que é esse o mesmo tipo de qualidade da Educação que pretendem implantar aqui em Brasília, já que vários dos projetos desenvolvidos pelo tucanos têm sido transplantados para Brasília? Quem não se lembra que as apostilas da aceleração de aprendizagem eram cópias que mantinham até oa marca da secretaria de educação de São Paulo?

Imprimir