Por administrador em 11/fev/2014

Relatório da ONU diz que Brasil será reprovado em metas da educação



Dever de casa incompleto. Relatório da ONU para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) mostra que o Brasil vai ser reprovado ao fim do prazo do acordo que previa a garantia de uma educação de qualidade para todos.

É que até 2015, o país tinha de cumprir seis metas previstas no tratado com a Onu, firmado em 2000, com 164 países. Apenas dois objetivos deverão ser atingidos – a universalização da educação primária e a igualdade de meninos e meninas no acesso à educação.

Em seu relatório, a Unesco afirma que, no Brasil, muitos alunos chegam a sair da escola com dificuldades em leitura e em fazer operações matemáticas básicas. A ONU ressalva que nenhuma das 129 nações deve atingir os seis objetivos firmados na Conferência Mundial da Educação.

Sobre esse cenário desolador, o programa Com a Palavra conversou com a coordenadora da Frente Parlamentar em Defesa do Piso dos Professores, deputada Fátima Bezerra, do PT do Rio Grande do Norte. Ela defende a aprovação urgente de um novo Plano Nacional de Educação.

Fonte: Agência Câmara
Imprimir