Por administrador em 27/abr/2010

Rede de Comunicadores será lançada nesta terça



A Rede de Comunicadores pela Reforma Agrária será lançada em Brasília nesta terça-feira (27). A criação da Rede, segundo os organizadores, é uma resposta à campanha de criminalização dos movimentos sociais que lutam pela reforma agrária. Essa ofensiva é liderada pela Confederação Nacional da Agricultura (CNA), reproduzida pela bancada ruralista no Congresso Nacional e pela mídia conservadora, e apoiada pelos setores reacionários instalados no Poder Judiciário.
Esse processo culminou, no final de 2009, na criação de uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar o MST.

Durante o ato de lançamento haverá um debate com a participação do cientista político e professor da UnB, Venício Lima, do jornalista da Carta Capital Leandro Fortes e do assessor do Instituto de Estudos Sócio-Econômicos (Inesc) Edélcio Vigna.

A Rede de Comunicadores pela Reforma Agrária já foi lançada em São Paulo, no dia 11 de março e está em processo de criação no Rio de Janeiro, Ceará e Bahia. A proposta da Rede é denunciar as barbaridades cometidas pelos latifundiários no campo, pressionar o governo federal para atualizar os índices de produtividade rural, divulgar o protagonismo da agricultura familiar e exigir que o Estado brasileiro pague a dívida social secular com os trabalhadores e trabalhadoras rurais.
O lançamento acontece às 19h, na sede do SindMterô: Conic – edifício Venâncio V, cobertura. (Equipe Informes da liderança do PT)

Imprimir