Por administrador em 28/fev/2012

Programa de saúde preventiva a profissionais de ensino do DF é sancionado



Foi sancionado dia 22 de fevereiro, pelo vice-governador do DF Tadeu Filippelli, o Programa de Saúde Preventiva para os Profissionais do Sistema Público de Ensino do Distrito Federal. O Programa, criado no mandato da deputada distrital Rejane Pitanga, consiste na prevenção de doenças relacionadas ao trabalho, exemplo de stress, fadiga, síndrome do pânico, depressão potencializada pela ação docente, cansaço excessivo, ansiedade intensa, síndrome de Burnout, disfunções vocais, problemas na coluna cervical, síndrome do túnel do carpo e tendinite, entre outras.

Ações de prevenção e campanhas de orientação sobre doenças relacionadas ao trabalho serão feitas, com o objetivo de informar os profissionais do sistema público de ensino que a partir de agora poderão realizar exames preventivos quando da admissão do profissional, para identificar indício ou predisposição a doença relacionada ao trabalho. Caso haja alterações nas condições de saúde do profissional, deverá ser viabilizado tratamento adequado para garantir sua reabilitação. As ações de capacitação deverão ser realizadas por meio de cursos ministrados por especialistas com experiência comprovada, para orientar todos quanto à importância dos princípios da saúde.

Para a ex-deputada Rejane Pitanga, o projeto é de grande importância porque garantirá uma política de prevenção aos profissionais em educação, obrigando o Estado a elaborar políticas para esta questão, já que a realidade da categoria é dramática. “O processo de trabalho é desgastante, motivo de termos tantos professores com problemas de saúde. Espero que o Programa contribua para a qualidade de vida dos profissionais de ensino do DF”, salienta.

Imprimir