Por administrador em 04/jun/2009

Professores do CEF 11 de Ceilândia ameaçados



Os professores do Centro de Ensino Fundamental 11 da Ceilândia estão sendo ameaçados por ex-alunos transferidos da escola. O Sinpro teve acesso a uma página no site de relacionamentos Orkut com mensagens de estudantes afirmando que vão “esquartejar” e “cortar a cabeça” de alguns professores do CEF 11. Uma professora foi ameaçada verbalmente ao chegar à escola e um aluno chegou a mostrar uma faca para outro, afirmando que vai matá-lo.
O medo de que as ameaças se concretizem levou o corpo docente a procurar o Sinpro, que já nesta quinta-feira está tentando uma audiência com o diretor-geral da Polícia Civil para solicitar providências no sentido de garantir a integridade física dos professores. Também já levamos o caso ao secretário de Educação, José Valente, e os professores registraram ocorrência na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

Imprimir