Por administrador em 24/fev/2012

Professores do CEF 1 do Guará debatem discriminação e homofobia nas escolas



No dia 15 de fevereiro, professoras e professores do CEF 01 do Guará aproveitaram o horário da coordenação pedagógica coletiva para debater como trabalhar, com os alunos, a questão da não aceitação da homofobia na escola e de qualquer tipo de discriminação. O encontro contou com a participação da diretora da Secretaria de Raça e Sexualidade do Sinpro-DF, Maria de Fátima Nunes da Silva (Fatinha), militante dos direitos humanos da comunidade LGBT.

Fatinha destacou que é compromisso do Sinpro-DF o combate a toda forma de violência e discriminação, principalmente no espaço escolar, local de formação sistematizada. Frisou, ainda que, “nossa entidade tem procurado investir em cursos para formação de educadores, tais como: Vidas Plurais e DST/AIDS”. A diretora do Sinpro-DF entregou aos professores um material didático específico para trabalhar essas questões nas escolas.

Fatinha elogiou a iniciativa dos educadores do CEF 01 que, segundo suas próprias palavras, são “atores em prol de uma escola democrática, participativa e atuante na defesa e na garantia dos direitos humanos e da cidadania plena de toda a comunidade escolar, espaço onde perpassam todos os segmentos sociais”. A diretora do Sinpro informou que voltará a se reunir com esse grupo de professores, em um outro momento, para debater essas questões sob outras perspectivas.

Imprimir