Por administrador em 16/abr/2010

Professora ganha processo do Sesc



Uma professora ganhou na Justiça o direito de voltar a entrar no Sesc (Serviço Social do Comércio). Por defender sua filha – aluna do ensino fundamental da instituição – de uma briga com outra estudante, a professora cobrou providências da direção e como retaliação foi proibida de frequentar as dependências do local durante dois anos. Encaminhada pelo Sinpro-DF ao setor jurídico do Sindicato a professora foi defendida pelo escritório Viana e Simões, e ganhou da Justiça o direito de voltar a entrar no Sesc. “Ela buscou apenas uma posição da direção após ver sua filha sendo agredida por outra aluna, e como não obteve resposta foi conversar com a mãe da menor agressora pedindo que a orientasse. Isto ocasionou todo este problema, mas foi restabelecido o direito dela entrar no Sesc e a professora receberá ainda uma indenização de R$ 2 mil por danos morais”, explicou o advogado Sérgio Viana.

Imprimir