Por administrador em 02/out/2009

Professora é atacada em escola da Ceilândia



Uma professora de Ciências do CEF 15 da Ceilândia foi agredida por um aluno a cadeiradas na manhã desta sexta-feira, em plena sala de aula. Ele foi contido por outros alunos após atingir o rosto e o braço da professora com uma cadeira.
O Sinpro colocou sua assessoria jurídica à disposição da professora, que fez exame de corpo de delito e prestou queixa à delegacia.
Os professores da escola cobraram ações de combate à insegurança no ambiente escolar, em reunião com o diretor do Sinpro, Washington Dourado.
Acreditamos que o policiamento é necessário, mas não basta. O governo precisa adotar ações preventivas e refletir com toda a comunidade escolar porque este tipo de violência tem ocorrido cada vez com mais frequencia.

Imprimir