Por administrador em 25/jun/2012

Professora acusada de agressão prova inocência



Uma professora do Centro de Ensino Fundamental São José, de São Sebastião, foi acusada na última terça-feira (19) de ter agredido uma aluna de 11 anos, fato noticiado pela mídia de forma deturpada e irresponsável. Segundo a professora, o fato aconteceu no final da aula, no momento que a estudante observava a movimentação da sala. “Fui fechar a porta para falar com os alunos e acabou atingindo a aluna de forma acidental. Após o incidente ela foi até a coordenação para cuidar do ferimento e até então não sabia o que havia causado o acidente”, explicou a professora, comentando que horas depois o pai voltou com dois policiais dizendo que iria processar a escola. A professora e o diretor do CEF São José compareceram à delegacia para prestar depoimento e ficou claro que o caso foi acidental, segundo fala do próprio delegado e da conclusão do boletim de ocorrência.

A Sinpro repudia matérias que são divulgadas pela grande mídia sem a devida apuração, e que podem trazer uma série de transtornos a professores, alunos e ao ensino público do DF.

Imprimir