Por administrador em 22/fev/2013

Procuradoria reconhece: professor efetivo pode ocupar vaga de contrato temporário



A procuradoria do DF, em parecer 39/2013, acaba de reconhecer que o professor efetivo pode sim ocupar vaga de contrato temporário. A Secretaria de Educação está, portanto, autorizada a proceder a contratação daqueles que foram aprovados no último certame. Mais uma vitória da mobilização da categoria.

Imprimir